Japoneses estreiam no mercado de energia solar no Brasil

Empresa estabeleceu meta de instar 50 MW em geração distribuída até 2021 e mira mercado de grandes usinas no mercado livre

Da Agência CanalEnergia 
12/07/2019

A Shizen Energy, empresa japonesa de energia renovável com mais de 1,3 GW instalados, concluiu a construção da primeira usina solar no Brasil, em parceira com sua sócia do ramo imobiliário Espaço Y. A planta de 1,1 MW de capacidade instalada está localizada no núcleo rural Capão Seco, em Brasília, e fornecerá energia para a população local. Juntas as empresas fundaram a marca Faz Sol para operar no Brasil.

As obras foram iniciadas em janeiro deste ano. O projeto usa parte de uma área em uma fazenda produtora de pimenta e tomates orgânico. Os produtores vão poder ser beneficiar da energia produzida. Foram investidos R$ 5 milhões no empreendimento, que vai operar na modalidade de consumo remoto, conforme prevê a regulação brasileira.

Em entrevista à Agência CanalEnergia, o country manager da Shizen no Brasil, Bruno Suzart, disse que a empresa tem a ambição de chegar a 50 MW instalados em energia solar distribuída no Brasil até 2021. A empresa japonesa já tem 20 MW em negociação no país.

O próximo empreendimento da empresa será a construção de uma usina de 1 MW para a rede de farmácias Drogafuji, na divisa dos estados de Goiás com o Distrito Federal. A obra será iniciada em agosto, com conclusão prevista para novembro. O investimento está estimado em R$ 5 milhões. “A Shizen Energy acredita no potencial do mercado brasileiro de energia”, disse Suzart.

Suzart disse ainda que a empresa também estuda investir em grandes usinas solares no Brasil, principalmente com projetos no mercado livre. “A intenção é migrar para coisa maiores nos próximos 1-2 anos”, disse executivo, que também está atento as oportunidades nos leilões promovidos pelo Governo Federal.

“A partir deste projeto, dedicaremos mais esforços para o desenvolvimento e divulgação da geração de energia renovável de uma forma que influencie a maneira como o consumo de energia das pessoas acontece. A companhia espera trabalhar em outros projetos no país”, disse Kenji Kawado, diretor representante da Shizen Energy Inc, em nota.

A Espaço Y opera em diversos negócios, incluindo empreendimentos imobiliários, construção e call center. A empresa começou a operar no mercado de energia em 2018, após anunciar a parceria com a japonesa Shizen. A Shizen Energy opera no Japão desde 2011, com foco na construção e operação de usinas renováveis (eólica, solar e PCHs), serviços de engenharia (EPC), O&M e gestão de ativos.