Vestas fecha contrato de 197 MW com EDF Renewables

Além de equipar aerogeradores de Folha Larga II, empresa também vai fornecer 281 MW para parque no ACL e 76 MW para ampliação da Echonenergia

Da Agência CanalEnergia 
28/06/2019

A fabricante de aerogeradores dinamarquesa Vestas divulgou nesta sexta-feira, 28 de junho, que assinou contrato para fornecer 197 MW para o parque eólico Folha Larga II, em Campo Formoso (BA). O parque é da EDF e serão instaladas 47turbinas eólicas V150-4.2 MW, além de um contrato de serviço de Gerenciamento Ativo. Com o pedido, a Vestas supera a marca de 2 GW de entrada de pedidos para essa turbina no Brasil, apenas nove meses após a variante da turbina ter estreado no país, onde ela também é fabricada.

De acordo com  Zampronha, diretor geral da Vestas para o Brasil e o sul da América Latina, a marca de 2 GW é um orgulho, que destaca o excelente ajuste da turbina V150-4.2 MW com as condições de vento do Brasil e seu incomparável custo de energia nivelado. A entrega de turbinas está prevista para o segundo semestre de 2020, enquanto o comissionamento está previsto para o primeiro trimestre de 2021. O parque eólico é uma extensão do projeto de 147 MW do Projeto Folha Larga. Quando pronto o parque eólico totalizará 344 MW de capacidade.

A Vestas também fechou com a Echoenergia a entrega de 76 MW em equipamentos para a terceira e última fase do projeto eólico Serra do Mel (RN), cuja primeira fase incluiu as primeiras turbinas V150-4.2 MW da Vestas no Brasil. O parque concluído terá capacidade total de 273 MW. O pedido inclui o fornecimento e a instalação de 18 turbinas V150-4.2 MW com 120m de altura do cubo, que foram customizadas para as condições de vento específicas do local.

Segundo o CEO da Echoenergia, Edgard Corrochano, Echoenergia está investindo em energia eólica apoiada por um provedor de soluções confiável e experiente, a Vestas, para crescer rapidamente e se adaptar ao mercado de energia em evolução.

O mercado livre de energia propiciou ainda para a fabricante um pedido de 281 MW para três parques eólicos, cujo nome não foi revelado.  O contrato inclui o fornecimento e instalação de 67 turbinas V150-4.2 MW. Os aerogeradores deve ocorrer a ser entregues em 2021 e o comissionamento está previsto para o final do mesmo ano.