Suzlon decide encerrar atividades no Brasil

De acordo com empresa, decisão é consequência de vários fatores exclusivos do país

Da Agência CanalEnergia 
17/07/2017

A fabricante indiana de aerogeradores Suzlon anunciou em comunicado na última sexta-feira, 14 de julho, que encerrou as atividades da sua subsidiária no Brasil, a Suzlon Energia Eólica do Brasil. A filial atuava no país desde 2006.

De acordo com o comunicado, a decisão foi tomada após análise cuidadosa de todas as opções, como uma consequência de múltiplos fatores que são exclusivos do Brasil. A empresa disse ainda que acredita que essa é uma decisão responsável em benefício da sustentabilidade a longo prazo da companhia e dos seus acionistas. A decisão não altera, de modo algum, a estratégia de operações globais da Suzlon.

A Suzlon foi uma das pioneiras na fabricação de aerogeradores no Brasil, junto com a Wobben e a Vestas. Ela forneceu turbinas para players como CPFL Renováveis e Queiroz Galvão Energias Renováveis. O Grupo é um dos principais fornecedores de soluções de energia renovável do mundo com presença internacional em 18 países da Ásia, Austrália, Europa, África e América do Norte e do Sul, com cerca de 17 GW de capacidade instalada.