Renova nega decisão sobre venda de ativos além de Alto Sertão II

Empresa também descartou intenção de lançar novas ações no mercado ou negociação para ingresso de novo acionista

Wagner Freire Investimentos e Finanças
06/03/2017

A Renova Energia veio a público na última sexta-feira, 3 de março, por meio de comunicado ao mercado, negar rumores de que a empresa estaria negociando com a canadense Brookfield um aporte de R$ 800 milhões, bem como teria a intenção de lançar novas ações no mercado para captar recursos, como noticiaram o Jornal o Estado de São Paulo e a agência Reuters na semana passada.

Em resposta a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a produtora de energia eólica e hidrelétrica afirmou que "não existe qualquer decisão formal sobre a venda de ativos além do projeto Alto Sertão II, tampouco decisão formal sobre o lançamento de ações no mercado ou ingresso de novo acionista em seu quadro acionário". Atualmente, a Renova negocia a venda do parque eólico Alto Sertão II, pelo valor de R$ 650 milhões, para a AES Tietê.

Em meio aos rumores, houve um aumento atípico nas negociações das ações da Renova, o que fez a CVM pedir novos esclarecimentos a empresa. No dia 15 de fevereiro, houve 100 negociações, movimentando R$ 230 milhões. Já em 2 de março, foram 800 negociações, movimentando R$ 3,3 bilhões até às 13:18 horas daquele dia.

"Em atendimento ao pedido de esclarecimentos... a companhia desconhece qualquer fato que possa ter provocado oscilações e o aumento número de negócios e das quantidades das ações negociadas na BM&FBovespa além daqueles fatos já sabidos pelo mercado, tais como as atuais ações para reduzir seu endividamento e adequar seu plano de negócios, a venda do Projeto Alto Sertão II e as recentes notícias veiculadas na mídia em 02 de março de 2017 referentes ao lançamento de novas ações no mercado e o ingresso de novo acionista em seu quadro acionário,  notícia essa objeto de esclarecimento ...", escreveu Cristiano Corrêa de Barros, diretor vice-presidente de Finanças, Desenvolvimento de Negócios e Relações com Investidores.