Plataforma promete aproximar investidores e fornecedores do setor de energia

Ao oferecer informações qualificadas e padronizadas, MWXenergy quer facilitar a busca por novas oportunidades de negócios na América Latina

Wagner Freire Negócios e Empresas
22/08/2016

Aproximar investidores do setor de energia, oferecendo informações qualificadas e padronizadas, facilitando a busca por novas oportunidades de negócios na América Latina para desenvolvedores e fornecedores de todas as partes do mundo. Essa é a proposta da plataforma eletrônica MWXenergy, que tem lançamento marcado para a próxima terça-feira, 23 de agosto, em São Paulo.  

O sistema vem para resolver problemas de captação de informações nessa área. Segundo Julien Dias, uns dos diretores da MWXenergy, a plataforma irá reunir informações de projetos em desenvolvimento ou operação de energia e gás na América Latina e Caribe, de forma rápida, direta, simples e com confidencialidade. "Existe muito investidor estrangeiro querendo vir para o Brasil em busca de ativos de energia, em operação ou não, mas não sabem como identificar esses projetos", disse. "Com o MWXenergy.com, encontrar financiamento ou equity ficará muito mais fácil", garantiu Dias.  

Com uma interface amigável e simples de usar, o usuário se cadastra no site, preenche os campos necessários a respeito do seu projeto e o deixa disponível para que seja encontrado por investidores. Caso haja interesse de alguém, o usuário será notificado e, assim, inicia-se a negociação. Apesar de brasileira por nascimento, a ferramenta tem escopo internacional. A linguagem será em inglês para facilitar a comunicação, com informações padronizadas sobre localização, fase do projeto, potência, garantia física, previsão de investimento e situação do licenciamento, por exemplo.  

De início, é possível cadastrar projetos de toda a América do Sul, mas há planos de expansão para os demais continentes. “Nosso foco é simplificar e ampliar a capacidade de fazer negócios. Sem energia, nada acontece e todo mundo precisa dela”, explica o também diretor Roger Rieger. Além das hídricas, também há espaço na plataforma para as fontes biomassa, eólica, térmica de resíduos e solar.

 O cadastro na plataforma é gratuito, mas há diferentes taxas para utilizar os serviços disponíveis. Para cadastrar um projeto, o preço inicial é de US$ 180; e fornecedores pagam um valor inicial de US$ 360 por semestre. Para investidores, não há custo de utilização, mas é necessária a aprovação da administração do MWXenergy.com e do empreendedor do projeto em questão para que seja possível visualizar o projeto. Também há uma taxa de US$ 1 mil em caso de sucesso na negociação. Para mais informações, acesse: http://www.mwxenergy.com/.