ONS defende redução da vazão de Sobradinho para 600m³/s

Operador apresentou resultado de simulações sobre armazenamento de Três Marias, Sobradinho e Itaparica no periodo seco

Sueli Montenegro Operação e Manutenção
05/04/2017

Baseado nos resultados de simulações sobre a expectativa de armazenamento nos reservatórios das hidrelétricas Três Marias, Sobradinho e Itaparica durante o período seco, o Operador Nacional do Sistema Elétrico defendeu a redução da vazão de Sobradinho para 600 m³/s, para garantir maior segurança hídrica à bacia do rio São Francisco. O estudo do ONS utilizou os piores cenários de afluências verificados na histórico.

A recomendação do operador foi feita nesta quarta-feira, 5 de abril, durante a reunião mensal do Comitê de Monitoramento do Setor Eletrico. Na reunião do mês passado, o ONS já havia sugerido a adoção de um nível de defluência inferior a 700 m³/s a partir da hidrelétrica.

O operador informou que o abastecimento de energia elétrica à região Nordeste está garantido mesmo com a redução da geração eólica, que é compensada pela geração térmica e pela flexibilização do limite de intercâmbio de energia do Sistema Interligado. Em nota, o CMSE lembrou o papel fundamental dos reservatórios das usinas para reduzir os riscos de indisponibilidade e de baixa qualidade da água para os usuários do rio.