MME enquadra eólicas do Ceará no Reidi

UFVs de Minas Gerais também receberam o benefício

Da Agência CanalEnergia Negócios e Empresas
28/07/2016

O Ministério de Minas e Energia aprovou o enquadramento ao Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento da Infraestrutura das EOLs Santo Inácio IV (23,1 MW) e Santo Inácio III (29,4 MW), localizadas no município de Icapuí, no Ceará. O período de execução das obras será compreendido entre 10 de março de 2016 até 19 de março de 2017 e 10 de março de 2016 até 21 de fevereiro de 2017, respectivamente. Na EOL Santo Inácio IV será investido, sem a incidência de impostos, um total de R$ 123,9 milhões, e na Santo Inácio III, será gasto, sem a incidência de impostos, R$ 160,6 milhões.

Também foram enquadrados no Reidi os projetos fotovoltaicos das UFVs Andrômeda II (4 MW) e Andrômeda I (4 MW), localizadas no município de Várzea das Palmas, em Minas Gerais. Em ambas, as obras serão executadas de 1º de junho de 2016 até 31 de agosto de 2016, e será investido, sem a incidência de impostos, um total de R$ 20,6 milhões.