MME confirma eólicas da VDB F3 como produtores independentes na Bahia

Obras em quatro usinas vão até 2023, demandando montante de R$ 644,8 milhões em investimentos. Ministério também enquadrou hidrelétrica no Paraná

Da Agência CanalEnergia 
24/01/2019

O Ministério de Minas e Energia deliberou a operação como produtor independente de energia de quatro usinas de geração eólica denominadas Ventos da Bahia XXVII, XXIII, XIII e XIV, com respectivamente 25,3 MW, 32,2 MW, 34,5 MW e 36,8 MW de potência, ambas localizadas no município de Mulungu do Morro, na Bahia.

As EOLs, que também foram confirmadas pelo MME como projetos prioritários e enquadradas junto ao Reidi, são de posse da VDB F3 Geração de Energia S.A. O período de execução das obras tem previsão para começar em outubro de 2022, indo até novembro de 2023. As usinas irão demandar diferentes aportes, conforme aumenta a capacidade instalada: R$ 126,7 milhões, R$ 161,2 milhões, R$ 172,7 milhões e R$ 184,2 milhões respectivamente, sem contar a incidência de impostos.

O Ministério também deu provimento à solicitação da Central Hidrelétrica Ouro Branco para exploração do potencial hidráulico no Rio Mourão, Município de Peabiru, no Paraná, e autorizou a implantação da UHE, com duas turbinas de 2 MW de potência. Na publicação do MME no Diário Oficial da União, não foi referido o prazo de cumprimento do projeto nem os investimentos a serem empreendidos.