Mercado fio da Copel cresce 4,8% no quarto trimestre de 2017

Vendas no mercado cativo recuaram 2% no período

Pedro Aurélio Teixeira 
09/02/2018

Da Agência CanalEnergia

O mercado fio da Copel-D teve crescimento de 4,8% no consumo de energia no quarto trimestre de 2017. De acordo com a empresa, que divulgou comunicado ao mercado nesta sexta-feira, 9 de fevereiro, o resultado veio devido ao aumento de 5,4% no consumo total da classe industrial no último trimestre do ano passado, que veio pela melhora na produção industrial no estado do Paraná. Houve crescimento de 4,3% e 3,2% em outubro e novembro, na comparação com o mesmo período de 2016.

A venda de energia para o mercado cativo da Copel-D totalizou 4.865 GWh no trimestre, caindo 6,5%. O resultado foi influenciado pela queda no consumo das classes industrial e comercial, pela migração de consumidores ao ambiente livre. Por classe, o consumo residencial cresceu 3,5% em função do aumento de 2,4% no número de clientes e do maior consumo médio mensal. A classe industrial registrou queda de 34,2% no quarto trimestre de 2017, principalmente, da migração de clientes para o mercado livre. No consumo comercial, houve redução de 4,5% na comparação com o mesmo período de 2016. O desempenho foi influenciado pela migração de 196 clientes para o ACL durante o ano de 2017.

Já o fornecimento de energia, a energia vendida aos consumidores finais pelas vendas no mercado cativo da distribuidora e pelas vendas no mercado livre da Copel GT e da Copel Comercialização, registrou queda de 2% entre outubro e dezembro de 2017. O total de energia vendida pela Copel, englobando as vendas da Copel-D, da Copel GT, dos Complexos Eólicos e da Copel Comercialização em todos os mercados, atingiu 11.442 GWh no quarto trimestre de 2017, representando um crescimento de 3,9%.