Lucro da Alupar recua 37,5% e fica em R$ 52,3 milhões no 2º trimestre

No primeiro semestre do ano, resultado líquido da companhia ficou em R$ 126 milhões

Pedro Aurélio Teixeira Da Agência CanalEnergia
15/08/2017

O lucro da Alupar no segundo trimestre de 2017 ficou em R$ 52,3 milhões, recuando 37,5% na comparação com o mesmo período de 2016. A empresa divulgou seus resultados no último dia 14 de agosto. A receita líquida ajustada de R$ 359,8 milhões mostra uma queda de 10,4% em relação ao segundo trimestre de 2016, quando teve receita de R$ 401,6 milhões. O Ebitda no trimestre é de R$ 262,4 milhões, o que mostra diminuição de 25,4%. Os investimentos no trimestre ficaram em R$ 38,6 milhões. Desse total, R$ 13,2 milhões foram para a transmissão, R$ 25,1 milhões para a geração – com a PCH Verde 08 levando a maior parte deles – e R$ R$ 300 mil em novos negócios.

De acordo com a Alupar, a variação é resultado da redução de R$ 89,2 milhões no Ebitda, a um aumento na linha de depreciação e amortização, devido à entrada em operação dos parques eólicos Energia dos Ventos em março de 2016.

No semestre, o lucro da Alupar foi de R$ 126 milhões, valor 8,6% menor que o do mesmo período de 2016 (de R$ 137,8 milhões). Em seis meses, a receita líquida ajustada ficou em R$ 731,9 milhões, apresentando queda de 5,5%. O Ebitda teve recuo de 14,3%, mudando dos R$ 662,8 milhões dos seis primeiros meses de 2016 para R$ 568,4 milhões agora. Os investimentos em seis meses ficaram em R$ 85 milhões, bem abaixo dos R$ 315,4 milhões do ano passado.

No fim de maio, a Alupar conseguiu, por meio do Mecanismo de Compensação de Sobras e Déficits, a rescisão de 100% dos contratos de venda de energia da PCH Verde 08, do Leilão Aneel 06/2013, a partir de janeiro de 2018 até o término do contrato.  Outra PCH da empresa, a Água Limpa também conseguiu rescisão de 100% dos CCEARs do Leilão Aneel 10/2013, a partir de maio de 2018 até o término do contrato.