Leilão A-4: eólica já apresenta deságio de mais de 60%

Certame está bem disputado, com deságios variando entre as fontes de 29% a 61%

Wagner Freire Da Agência CanalEnergia
18/12/2017

De São Paulo

O leilão A-4 já passa de uma hora de disputa nesta segunda-feira, 18 de dezembro, e apresenta forte disputa entre as fontes por um contratos que variam de 20 a 30 anos de fornecimento. A fonte eólica já apresenta deságio de 61% frente ao preço inicial de R$ 276/MWh. A solar também apresenta forte concorrência, com deságio de R$ 55% frente ao preço inicial de R$ 329/MWh. As fontes biomassa e hídricas, estão com deságios de 30% e 29% frente aos preços de R$ 329/MWh e R$ 281/MWh, respectivamente.

A expectativa do mercado é ao menos 1 GW de capacidade seja contratado. Foram habilitados para a disputa 20,1 GW em projetos. As fontes eólica (9 GW) e solar (10,2 GW) se destacam. Além disso, há 414,5 MW de termelétricas a biomassa, 377,2 MW de PCHs e 44,1 MW de CGHs.