GE firma parceria com a Scatec Solar para projeto de 162 MW no Ceará

Além de exigir menos cabos, inversores fotovoltaicos podem reduzir até 3% dos custos do sistema e economizar até 15% nas despesas operacionais

Da Agência CanalEnergia 
15/02/2018

A GE Power anunciou nesta quinta-feira, 15 de fevereiro, que irá fornecer skids solares fotovoltaicos (PV) para Scatec Solar empreender um projeto solar de 162 MW localizado em Quixeré, no Ceará. “Temos uma forte ambição para o mercado solar brasileiro. Estamos buscando parceiros de tecnologia que nos ajudem a manter nossa competitividade global como desenvolvedor, produtor e operador de energia solar fotovoltaica integrada “, afirmou Marcelo Taulois, gerente geral da Scatec Solar no Brasil. “A GE possui um histórico comprovado na indústria solar e sua solução de conversor de 1.500 volts agregam uma alor visível para o desenvolvimento da planta. Estamos satisfeitos com a parceria com a GE para desencadear a energia solar no Brasil”, completou.

Para Patrick Fetzer, CEO do Segmento de Solar do negócio de Power Conversion da GE, o grande potencial de crescimento da geração fotovoltaica no país justifica a parceria que “fortalecerá a posição no mercado de geração solar de escala de utilidade no país”. E complementou: “Estamos felizes por ser escolhidos pela Scatec Solar, e esperamos que este projeto solar abrirá caminhos para mais parcerias com eles no futuro próximo”.

A solução do skid LV5 apresentará os inversores solares LV5 de 1,1 MWac da GE, que exigem menos cabos, String Combiner Boxes e infraestrutura associada para a instalação das estações conversoras. Graças à maior tensão, a solução do inversor também é mais eficiente em comparação com os seus pares de 1.000 volts. Pode reduzir até 3% dos custos do sistema e economizar até 15% nas despesas operacionais do inversor.

A GE também foi a primeira empresa a ter introduzido inversores solares de 1.500 volts no mercado brasileiro que estão credenciados no programa Finame do BNDES do Brasil. O credenciamento indica que o produto está em conformidade com o requisito de conteúdo local do governo de 60% e permitirá que os clientes da empresa obtenham financiamento do BNDES e do Nordeste do Brasil (BNB) a taxas de juros mais atrativas.

O projeto solar de 162 MW foi escolhido no processo de leilão realizado pelo regulador nacional de energia elétrica do Brasil, a Aneel, em 2015. Os equipamentos construídos para as plantas da Scatec Solar serão fabricados no Brasil.