GE fecha acordo para instalação de aerogeradores no Chile

Empresa vai fornecer seis unidades 3.6-137 para dois parques eólicos no sul do país; projeto é fundamental para entrada no mercado eólico chileno

Da Agência CanalEnergia 
10/05/2018

A GE Renewable Energy terá seu primeiro projeto de energia eólica no Chile. A empresa fará uma parceria com a Arroyo Energy Compañía de Energías Renovables Limitada, fornecendo seis aerogeradores de 3,6 MW com rotores de 137 metros e torres de 110m. As unidades serão instaladas nos parques eólicos El Maitén e El Nogal no sul do país, somando um total de 21,8 MW.

O acordo reforça o compromisso da empresa em crescer no Chile, permitindo maior acessibilidade a energia renovável. O país tem 1,7 GW de capacidade eólica instalada e 4,9 GW de capacidade de energia sustentável. O plano “Energia 2050”, liderado pelo governo, afirma que cerca de 60% das demandas do país devem ser atendidas com fontes limpas ​​até 2035 e 70% até 2050.

“Estamos empolgados em comemorar 90 anos da presença da GE no Chile e incluir o nosso negócio de energias renováveis nessa mistura”, afirmou Vikas Anand, líder de Wind Onshore da GE nas Américas.  “Nós acreditamos que o setor energético chileno é um motor para o desenvolvimento e iremos usar a nossa tecnologia de ponta para aproveitar o amplo potencial eólico do país”, explicou.

A plataforma de 3MW é ideal para ventos de baixa velocidade e parques eólicos com restrição de espaço, cenário recorrente no Chile. A turbina 3.6-137 da GE é capaz de fornecer até 28% mais de Produção Anual de Energia do que a geração anterior de turbinas.

“Este é um grande passo para a GE na região. O Chile mostra mais uma vez seu valor estratégico para a empresa e sua visão de longo prazo, dando um exemplo para a América Latina de como o setor de energia deve estar no futuro”, avaliou Julio Friedmann, CEO da GE no Chile.

A GE Renewable Energy anuncia este acordo globalmente, durante a conferência AWEA Windpower em Chicago (EUA), entre 7 a 10 de maio.