Fitch atribui rating para emissão de R$ 102,5 milhões de complexo eólico da Atlantic

Perspectiva é estável. Parques ficam na Bahia e somam 180 MW

Da Agência CanalEnergia Investimentos e Finanças
02/05/2017

A Agência de classificação de risco Fitch Ratings atribuiu na última sexta-feira, 28 de abril, o rating 'AA+ (exp) (bra)' para a proposta da segunda emissão de debêntures de R$ 102,5 milhões do Complexo Eólico Morrinhos, com vencimento em 2027. A perspectiva do rating é estável. Os parques eólicos são da Atlantic Energias Renováveis. Eles estão localizados no município de Campo Formoso (BA) e totalizam 180 MW de capacidade instalada.

De acordo com a agência, o rating reflete a mitigação do risco de ramp-up do projeto por meio de fianças bancárias; a existência de um satisfatório estudo de ventos e as características dos contratos de compra e venda de energia de Leilões de Energia Nova, em que os déficits de geração de energia são liquidados ao preço de liquidação de diferenças. As debêntures estão expostas ao descasamento entre inflação e taxa de juros de longo prazo. O complexo eólico se beneficia de fianças bancárias emitidas pelos Bancos Itaú Unibanco, Santander e Bradesco, que cobrem 100% do valor da emissão até o completion financeiro do projeto.

Ainda de acordo com a Fitch, uma ação de rating positiva virá caso o projeto eólico tenha um desempenho financeiro e operacional acima das expectativas. Já uma ação negativa viria caso volumes de geração de energia de P-90 de dez anos por períodos sucessivos ou por um aumento de despesas e custos maior que 15% do valor de mercado.