Fitch atribui grau de investimento a debêntures de subsidiárias da Enel

Ambos já em operação comercial, parques eólicos estão localizados na Bahia e foram viabilizados no LER 2013

Wagner Freire Da Agência CanalEnergia
29/12/2017

De São Paulo

A agência de classificação de risco Fitch atribuiu na última quarta-feira, 27 de dezembro, grau de investimento para duas propostas de emissões de debêntures de projetos eólicos da Enel Green Power. No caso do projeto Damascena (30 MW-BA), foi atribuída nota “AA (exp) (bra), com perspectiva estável. Segundo a Fitch, o rating reflete o bom desempenho operacional e o adequada estrutura financeira do projeto.

“O adequado Índice de Cobertura do Serviço da Dívida (Debt Service Coverage Ratio – DSCR) médio de 1,23 vez, e break-evens de produção de 83,3% e TJLP real de 6,6% são condizentes com o rating na categoria AA(bra)”, escreve a agência, em nota divulgada ao mercado.

Damascena é um parque eólico 100% controlado pela EGP Brasil, localizado nos municípios de Cafarnaum e Sento Sé, no estado da Bahia. O contrato foi negociado no Leilão de Energia de Reserva de 2013, no valor R$ 98,5/MWh (agosto de 2013), com energia vendida a volumes P-90. O projeto utiliza 15 aerogeradores Gamesa G97 de 2 MW cada.

A usina foi concluída em setembro de 2015, quando foi considerado apto pelo regulador e deu início à sua geração de receitas fixas. Entrou em operação comercial em abril de 2016 conectando-se ao Sistema Interligado Nacional inicialmente por meio de uma linha de transmissão provisória de interesse restrito. Em agosto de 2017, o ponto de conexão definitivo foi concluído. No período de maio de 2016 a outubro de 2017 (18 meses de operação comercial), Damascena gerou energia com volumes próximos a P-50.

Já a proposta de emissão de debêntures do parque eólico Maniçoba recebeu nota “AA-(exp)(bra)”, com perspectiva estável. A Fitch destaca o adequado estudo de vento da região e os contratos de venda de energia firmados a preços fixos, sem exposição ao Preço de Liquidação de Diferenças (PLD). Os Índices de Cobertura do Serviço da Dívida (DSCR) mínimo e médio são de 1,08 vez e 1,18 vez, respectivamente, condizentes com os ratings na categoria ‘AA-(bra)’.

A Enel Green Power Maniçoba Eólica é um parque de 30MW, localizado nos municípios de Cafarnaum e Sento Sé, no estado da Bahia. O PPA foi negociado no LER de 2013, no valor R$ 102,7/MWh (agosto de 2013), com energia vendida a volumes P-90. O projeto utiliza 15 geradores Gamesa G97 WTGs de 2 MW cada. O projeto é 100% controlado pela EGP Brasil. O projeto foi concluído em setembro de 2015, quando foi considerado apto pelo regulador e iniciou sua geração de receitas. Entrou em operação comercial em dezembro de 2017, quando foi finalizado o ponto de conexão ao SIN.