Fitch afirma Rating do projeto eólico Ventos do Araripe I

Nota foi para a primeira emissão de debêntures no valor de R$ 111 milhões

Da Agência CanalEnergia Investimentos e Finanças
13/12/2016

A agência de classificação de risco Fitch Ratings afirmou em 'AA(bra)' os Ratings da primeira emissão de debêntures da Ventos de São Tito Holding S.A. (Projeto Eólico Ventos do Araripe I), no montante de R$ 111 milhões, com vencimento em 2028. A perspectiva do Rating é estável.

De acordo com a agência, o rating reflete os contratos de venda de energia de vinte anos, com risco de contraparte diversificado e sem exposição a Preços de Liquidação de Diferenças (PLD). O projeto se beneficia de certificação de vento adequada, baseada em correlação de longo prazo confiável e em número de torres de medição acima da média, apesar do resultado acumulado até setembro de 2016 indicar geração equivalente a 96% do P-50.

O Projeto Eólico Ventos do Araripe I é um complexo composto por sete sociedades de propósito específico (SPEs), autorizadas pela Aneel e estabelecidadas como produtoras independentes de energia elétrica, mediante a implantação e a exploração de uma central geradora eólica. A emissora, uma subholding acionista das SPEs, é detida pela Cubico Brasil, subsidiária integral da Cubico Sustainable Investments. Esta última investe em projetos de energia renovável e saneamento em todo o mundo.