Estrangeiros mais competitivos podem favorecer venda de SPEs, diz Ferreira Jr

Presidente da Eletrobras destacou que há interesse de fundos, de controladores das próprias companhias e de investidores estratégicos do setor elétrico

Da Agência CanalEnergia 
19/09/2018

O presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Jr, afirmou que o capital estrangeiro está mais competitivo no Brasil, em razão do câmbio, e isso pode influenciar favoravelmente a venda das participações da estatal em 71 sociedades de propósito específico. O leilão das SPEs está marcado para o dia 27 de setembro na bolsa B3, em São Paulo, quando serão ofertados 18 lotes de participações em empreendimentos eólicos e de transmissão, com preços mínimos que somam R$ 3,1 bilhões.

Ferreira Jr acredita ser possível vender todos os lotes incluídos no certame. “Nós fizemos um trabalho para estabelecer preços mínimos com base em duas avaliações. São preços bons, porque são maiores que o valor contábil das companhias”, disse nesta quarta-feira, 19 de setembro, após reunião no Ministério de Minas e Energia.

Entres os interessados estão fundos de investimento, sócios da Eletrobras que detêm o controle societário em parte dos empreendimentos e investidores estratégicos, como grandes companhias que atuam no setor. Por causa disso, ele acredita no sucesso do leilão.

Segundo o executivo, alguns dos sócios minoritários da Eletrobras devem vender sua participação no certame pelo mesmo valor ofertado à estatal. A opção pela venda será divulgada no dia da qualificação para o leilão. Da mesma forma, os que são majoritários na parceria com a empresa poderão exercer o direito de preferência para cobrir a oferta colocada. Veja aqui a divisão dos lotes do leilão.