Engie Brasil termina 2017 com lucro de R$ 2 bilhões

Valor é 29,5% superior ao de 2016. No quarto trimestre, resultado ficou em R$ 704,7 milhões

Pedro Aurélio Teixeira Da Agência CanalEnergia
23/02/2018

A Engie Brasil Energia terminou o ano de 2017 com lucro de R$ 2 bilhões, valor 29,5% superior ao registrado no ano anterior. A empresa divulgou na última quinta-feira, 22 de fevereiro, seus resultados financeiros do ano. A receita operacional líquida da empresa belgo-francesa no Brasil no ano passado subiu 8,8% e chegou a R$ 7,01 bilhões. Já o Ebitda de R$ 3,51 bilhões mostra uma variação positiva de 10,8% na comparação com o ano anterior.

No quarto trimestre, o lucro da Engie ficou em R$ 704,7 milhões, revelando um aumento de 48,2% sobre os R$ 475,5 milhões do último trimestre de 2016. A receita líquida ficou em R$ 2,06 bilhões, 24,1% maior que os R$ 1,66 bilhão do mesmo período do ano anterior. O Ebitda da Engie foi de R$ 1,06 bilhão, 29,6% acima do quarto trimestre de 2016.

De acordo com a empresa, a quantidade de energia vendida no acumulado de 2017 foi de 35.761 GWh ou 4.082 MW médios, montante 3,1% maior que o comercializado em 2016. O preço médio dos contratos de venda de energia, líquido das exportações e dos tributos sobre a receita, ficou em R$ 180,39/MWh em 2017, valor 0,2% menor que o aferido em 2016.

A empresa em 2017 avançou na área das renováveis. Ela além de ter comprado o projeto do Complexo Eólico Umburanas, na Bahia (605 MW). Foi inaugurado o Complexo Eólico Santa Mônica (CE- 97,2 MW), e começou a operação da Usina Fotovoltaica Assú V (RN- 30 MW). As usinas de Jaguara e São Simão, arrematadas no leilão de outorga de 2017, já geraram receita para a Engie no quarto trimestre de 2017.