CPFL Renováveis tem prejuízo de R$ 93 milhões no primeiro trimestre de 2018

Receita líquida de R$ 334,1 milhões no trimestre mostra recuo de 12,9%

Da Agência CanalEnergia 
07/05/2019

A CPFL Renováveis terminou o primeiro trimestre de 2019 com prejuízo líquido de R$ 93 milhões. O prejuízo deste trimestre é maior que o mesmo período do ano passado, de R$ 72,5 milhões. A receita líquida ficou em R$ 334,1 milhões, recuando 12,9% no período. O Ebitda da empresa no primeiro trimestre de 2019 ficou em R$ 192 milhões, também mostrando queda em relação a 2018. De acordo com a empresa, o desempenho reflete a piora do Ebitda da geradora.

A capacidade em operação da CPFL Renováveis cresceu 1,4%, chegando a 2.133 MW. O percentual de energia gerada caiu 3,9%, registrando 1,17 GW. O número de funcionários da empresa está em 457. A fonte eólica responde por 61,4% do portfólio, sendo seguida pela PCH, que 21,2%. A Biomassa é 8%, enquanto a solar é apenas 0,1%.

Estão em construção a PCH Cherobim (PR – 28 MW) e o complexo eólico Gameleira (RN – 69,3 MW), que devem entrar em operação em 2024.