Copel projeta investir R$ 1,97 bilhão em 2019

Maior volume de investimentos está destinado ao segmento de distribuição

Da Agência CanalEnergia 
14/11/2018

O conselho de administração da Copel aprovou o programa de investimentos da companhia para o ano de 2019. A previsão da empresa é de realizar um aporte de R$ 1,97 bilhão nos próximos 12 meses que se iniciam em janeiro. Se essa previsão se concretizar, representa uma redução de 32,5% ante o último programa dessa natureza que era de R$ 2,92 bilhões para 2018. Diferentemente do plano para este ano, em 2019 o maior volume de recursos deverão ser aplicados em Distribuição com R$ 835 milhões.

A Copel GT terá destinados R$ 768,5 milhões, que serão divididos entre projetos hídricos e linhas de transmissão. O maior valor a um projeto específico é previsto para a construção da LT Curitiba Leste-Blumenau que terá em 2019 um montante de R$ 196,1 milhões. Ainda em transmissão são projetados R$ 11,3 milhões para a SE Bateias, R$ 29,2 milhões na SPE Mata de Santa Genenbra Transmissão e R$ 133 milhões para a SPE Uirapuru.

Para a geração de energia são R$ 250,2 milhões divididos entre quatro projetos. O maior destinatário de recursos é a PCH Bela Vista, para a UHE Colíder (MT, 300 MW) serão R$ 59,3 milhões, o complexo eólico Cutia com R$ 59,2 milhões,  enquanto a UHE Baixo Iguaçu (PR, 350,2 MW) e cuja obra está com cerca de 96% de conclusão ficará com R$ 18,1 milhões. Outros projetos terão destinados R$ 207 milhões.

Além desses, o segmento de telecomunicações terá R$ 290,2 milhões, comercialização com R$ 700 mil, a holding com R$ 1,3 milhão e outros com R$ 12,4 milhões.