Consumo cai 2,5% e geração reduz 2,1% nos primeiros 18 dias de julho

Boletim semanal da CCEE mostra uma demanda de 56.307 MWmédios no SIN, com destaque para mercado livre

Da Agência CanalEnergia 
21/07/2017

O consumo de eletricidade no país caiu 2,5% entre os dias 1º e 18 de julho, enquanto a geração reduziu em 2,1% no mesmo período, segundo dados preliminares de medição coletados pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica divulgados nesta sexta-feira (21). A edição do boletim InfoMercado Semanal Dinâmico mostra que, nos primeiros 18 dias do mês, foram consumidos 56.307 MWmédios no Sistema Interligado Nacional – SIN, 2,5% abaixo dos 57.740 MWmédios verificados em 2016.

A demanda no ambiente cativo apresentou queda de 7,4% sob impacto direto da migração de consumidores para o mercado livre, no qual o consumo apresentou elevação de 10,6% – índice que já considera as novas cargas vindas do mercado cativo. Dentre os ramos da indústria, incluindo dados de autoprodutores, varejistas, consumidores livres e especiais, os maiores aumentos na demanda de energia elétrica vieram de comércio (79,6%), das telecomunicações (67,5%) e do saneamento (50,8%).

Os números de geração no Sistema indicam queda de 2,1% na produção das usinas, que entregaram 58.820 MW médios no período analisado. O índice é explicado pelo desempenho inferior (-11,5%) na produção das usinas hidráulicas, incluindo as Pequenas Centrais Hidrelétricas. A geração pelas termelétricas expandiu 21%, principalmente em razão do desempenho positivo das usinas movidas a gás natural (+47,6%) e térmicas nucleares (+35%). A geração das usinas eólicas no SIN cresceu 29%.