Conselho da Alupar aprova participação no leilão de transmissão

Empresa deverá considerar a emissão de venda de crédito de carbono para venda no mercado internacional

Wagner Freire Negócios e Empresas
17/04/2017

O Conselho de Administração da Alupar autorizou a participação da companhia no próximo leilão de transmissão, previsto para ocorrer no dia 24 de abril, na sede da BM&FBovespa, em São Paulo. "Fica a Companhia autorizada a prestar quaisquer garantias para fins de habilitação no leilão", diz o comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) na última quinta-feira, 13 de abril.  

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) licitará 35 novos contratos de concessão para construção e manutenção de 7.400 quilômetros de linhas e 36 subestações, com investimento estimado em R$ 13,1 bilhões. Os empreendimentos estão localizados em 20 Estados, com concentração maior nas regiões Sudeste e Sul do país. A Aneel estima que 28,3 mil postos de trabalho serão criados.

A Conselho da Alupar ainda determinou que a diretoria considere, para participação no certame, a emissão de créditos de carbono para venda no mercado internacional. " O Conselho de Administração recomenda que a participação no leilão se dê de forma a agregar valor à companhia."  

A Alupar possui participação em concessões de 26 sistemas de transmissão de energia elétrica, totalizando 6.788 km de linhas, localizados no Brasil e um perpétuo localizado na Colômbia, sendo 18 operacionais e oito em fase de implantação, que possuem cronograma de entrada em operação comercial entre 2018 e 2022. Em geração, por meio de hidrelétricas, PCHs e parques eólicos, no Brasil, Colômbia e Peru, possuí capacidade instalada de 550,0 MW em operação e 137,0 MW em implantação.