AES Tietê firma acordo para a compra do complexo eólico Alto Sertão III

Empresa deve desembolsar mais de R$ 1,5 bilhão para ficar com projeto da Renova Energia

Da Agência CanalEnergia 
09/04/2019

A AES Tietê divulgou que firmou um contrato para a compra da totalidade da participação acionária dos projetos que compõe o Complexo Eólico Alto Sertão III, bem como projetos em desenvolvimento da Renova. O complexo é dividido em duas fases, a A com 438 MW pré-operacional e a B, com 305 MW. O pipeline de projetos soma 1.100 MW. A AES Tietê prevê desembolsar cerca de 1,5 bilhão pelo negócio.

O valor acordo se refere a até R$ 350 milhões para Fase A, incluindo o pagamento dos créditos vencidos, de até R$ 90 milhões para a Fase B, e de até R$ 76 milhões pelo pipeline. Segundo a AES Tietê, neste último caso a depender de processo de due dilligence confirmatório. Além desses valores, a companhia assumirá a dívida financeira do projeto, estimada em R$ 988 milhões.

De acordo com a AES Tietê, os valores estão sujeitos a ajustes usuais neste tipo de operação, inclusive pela variação capital de giro, bem como eventual acréscimo sob a forma de earn out, caso o desempenho dos ventos da Fase A exceda a referência assumida.

A AES Tietê afirmou que, após a conclusão do negócio, dará um grande passo na execução de sua estratégia de diversificação do portfólio a partir da adição de capacidade de geração renovável. “Essa Operação trará um caminho sustentável de crescimento no curto (Fase A), médio (Fase B) e longo prazo (Pipeline) para a Companhia”, afirmou em comunicado enviado ao mercado na noite desta terça-feira, 9 de abril.

Concluída a operação, a AES Tietê vai convocar uma assembleia geral extraordinária de acionistas para deliberar sobre a aprovação do negócio, tão logo seja finalizado laudo de avaliação preparado por consultoria especializada. Os acionistas dissidentes terão o direito de recesso a ser pago conforme o valor patrimonial das ações, equivalentes a R$ 0,774365 por ação, ou R$ 3,871825 por unit.