AES Tietê assina contrato para compra de complexo eólico da Renova

Empresa vai desembolsar R$ 600 milhões por Alto Sertão II, na Bahia. Negócio precisa ser aprovador por órgãos reguladores

Alexandre Canazio Negócios e Empresas
18/04/2017

A AES Tietê e a Renova Energia assinaram nesta terça-feira, 18 de abril, o contrato de compra e venda do complexo eólico Alto Sertão II (BA-386 MW). O valor acordado para aquisição é de R$ 600 milhões, sujeito a ajustes, como capital de giro. A AES Tietê assumirá as dívidas do projeto, estimadas em R$ 1,1 bilhão.

O término da operação está previsto para o terceiro trimestre deste ano e ainda passará pela aprovação do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e cumprimento de condições precedentes comuns para este tipo de operação.

A Renova Energia informou que o valor da operação pode chegar a R$ 700 milhões a título de earn-out, sendo que metade do valor adicional, ou seja, R$ 50 milhões ficarão retidos em escrow account e o pagamento está condicionado ao desempenho do complexo, apurado após período de cinco anos contados da data do fechamento da operação. "A Administração da Companhia [Renova] ressalta que a Transação está alinhada com o seu novo direcionamento estratégico, que objetiva o reequilíbrio de sua estrutura de capital e a sustentabilidade do negócio no longo prazo", informou em comunicado ao mercado.

De acordo com Ítalo Freitas, presidente da AES Tietê, esse é "um importante passo da companhia para cumprimento da estratégia de crescimento”.