Termelétrica de 269 MW da Fibria é liberada para operação em teste

Aneel liberou ainda 31 unidades geradoras da usina solar fotovoltaica Pirapora 5, somando capacidade instalada de 30 MW

Da AgênciaCanalEnergia 
21/08/2017

A Agência Nacional de Energia Elétrica liberou, para início de operação em teste a partir do último dia 19 de agosto, duas unidades geradoras da usina termelétrica Fibria MS-II, totalizando potência instalada de 269,5 MW. Pertencente à Fibria MS Celulose Sul Mato-Grossense Ltda., o empreendimento está situado no município de Três Lagoas (MS), e utiliza a biomassa de licor negro como combustível. O despacho autorizando os testes foi publicado na edição de hoje do Diário Oficial da União.

Também para início em operação em testes, a Aneel liberou 31 unidades geradoras da usina solar fotovoltaica Pirapora 5, situada no município mineiro de Pirapora. A capacidade instalada total do projeto, da Pirapora V Energias Renováveis S.A., é de 30 MW. Em outro despacho, a agência reguladora liberou para testes nove unidades da usina eólica Aura Mangueira VI, somando todas elas uma potência de 27 MW. O empreendimento está localizado na cidade de Santa Vitória do Palmar (RS).