Teresina receberá fábrica de equipamentos e usina fotovoltaicos

Empreendimentos serão implantados no projeto Vale do Silício do Piauí

Da Agência CanalEnergia Investimentos e Finanças
17/02/2017

O estado do Piauí deu mais um passo para a implantação de uma fábrica de placas solares fotovoltaicas. O governo local fechou acordo com empreendimentos europeus do setor. A previsão é que o investimento seja feito dentro do Projeto Vale do Silício do Piauí, na capital Teresina. A região deverá receber ainda a produção de equipamentos e uma usina com capacidade de 5 MW de potência.

Em audiência realizada esta semana na sede do governo foi acordado que o Estado disponibilizará em suas estruturas próprias, como escolas, hospitais, e sedes de administração, onde há grande consumo energia elétrica a instalação de sistemas e se comprometeu em adquirir os equipamentos produzidos no Piauí. Outra medida é garantir incentivos por meio da Agência de Fomento e do Fundo da Previdência.

Outro setor de investimentos apontados pelo empresariado europeu se refere à gestão de resíduos. A proposta é implantar a longo prazo nos municípios do Piauí mecanismos que garantam o aproveitamento do lixo orgânico para a geração de energia.