Projeto de eficiência energética da Cemig vai beneficiar 250 famílias de baixa renda

Etapa do programa Energia Cidadã terá investimentos de R$ 500 mil e vai atender aos moradores de conjuntos habitacionais de Minas Gerais

Da Agência CanalEnergia 
26/07/2017

A Cemig entregará, até setembro deste ano, dispositivos de aquecimento solar para 250 famílias residentes em sete municípios dos territórios Central, Norte e dos Alto, Médio e Baixo Jequitinhonha de Minas Gerais. A iniciativa da distribuidora é parte do projeto Energia Cidadã, realizado em parceria com o Governo de Minas e com a Companhia de Habitação de Minas Gerais (Cohab). Nesta etapa do programa, os investimentos da companhia nas cidades irão ultrapassar R$ 500 mil.

Os conjuntos habitacionais que estão em fase de receber os equipamentos são: Barragem, em Minas Novas; Monte Formoso, no município de mesmo nome; Wellington Valério de Oliveira, em Monte Azul; Cidade Nova, em São José das Missões; Novo Progresso, em São José do Jacuri; Santa Cecília, em São Sebastião do Maranhão; Zizinha Maciel e Cristal, ambos localizados no município de Corinto.

De acordo com o engenheiro de soluções energéticas Thiago Douglas Ribeiro Batista, da Cemig, o objetivo do programa é substituir equipamentos que têm nível elevado de consumo por outros mais econômicos e eficientes. Além disso, busca-se promover uma redução no valor da conta de energia das famílias de baixa renda do estado, que vivem em conjuntos habitacionais, contribuindo assim para a diminuição dos gastos com eletricidade e o aumento do capital social das comunidades alcançadas pelo projeto.

As famílias beneficiadas receberão um sistema de aquecedor solar e um chuveiro elétrico de baixa potência – que não demandam gastos excessivos para aquecer a água do banho e para serem utilizados em dias mais frios. A expectativa é que os moradores tenham uma redução de 40% no consumo de energia elétrica, o que significa uma economia de até R$ 50 no orçamento doméstico. Cada residência receberá, ainda, cinco lâmpadas mais eficientes da empresa.

Além dos aparelhos de aquecimento solar, chuveiros de baixa potência e lâmpadas mais eficientes, as famílias receberão orientações sobre o uso correto e econômico da energia elétrica, de modo a incentivar a redução do desperdício e também a conservação do meio ambiente.