Exosun obtém credenciamento junto ao Finame do BNDES

Empresa conseguiu nacionalizar tracker, equipamento que deverá ser utilizado em 92% dos projetos no país

Da Agência CanalEnergia Negócios e Empresas
04/04/2017

A Exosun, empresa que fornece trackers para a indústria solar fotovoltaica, conseguiu obter do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) o código Finame para o Exotrack HZ, número 3418617, garantindo o cumprimento das exigências brasileiras de produção de conteúdo local pela subsidiária no Brasil.

De acordo com o CEO da empresa no país, Luiz Carlos Alves Lima, companhia trabalhou em 2016 para obter 70% de nacionalização do equipamento. Hoje a Exosun produz no Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Bahia e possui capacidade de produção anual de 280 MW. A empresa lembra que o mercado brasileiro tem mais de 2GW para serem construídos antes de novembro de 2018, dos quais 92% serão instalados com a tecnologia de seguidores solares. Além disso, o mercado de geração distribuída em forte expansão tem também requisitado o uso dos seguidores solares, sobretudo para projetos acima de 1,0 MWp, onde o uso dessa tecnologia demonstra-se atrativa do ponto de vista de investimento comparado ao retorno proporcionado.