EGP Brasil doa sistema de microgeração a parque tecnológico na Bahia

Projeto deverá levar ao atendimento de cerca de 60% da necessidade energética do centro de pesquisa

Da Agência CanalEnergia Consumidor
06/03/2017

A Enel Green Power Brasil, subsidiária brasileira da Enel de energia renovável, doou um sistema de microgeração de energia solar fotovoltaico para o Parque Tecnológico da Bahia, o maior centro de pesquisa em inovação do estado. O sistema já está fornecendo energia para a incubadora de negócios da instituição, localizada na cidade de Salvador e que pertence à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo do Estado da Bahia.

Segundo informou Luigi Parisi, responsável pela Enel Green Power Brasil, a Bahia é um estado estratégico para a empresa no Brasil. Um dos motivos é que o estado possui a maior participação e termos de capacidade em renováveis no país. A empresa conta com um total de nove plantas de energia em operação ou em construção. A Enel Green Power Brasil está construindo três plantas solares com uma capacidade total de 515 MW e três parques eólicos que somam capacidade de 442 MW no estado, incluindo os 254 MW do projeto Ituverava, o segundo maior parque solar em construção da América Latina. A empresa também opera outras três plantas eólicas no estado com capacidade instalada total de 264 MW.

A Enel Green Power Brasil financiou a instalação do sistema fotovoltaico de 4,32 kWp, efetuada em fevereiro. Segundo os cálculos da empresa, os painéis vão evitar a emissão de 3,64 toneladas de CO2 na atmosfera por ano. E ainda, contribuirá com até 60% das necessidades de energia da incubadora de negócios bahiana.

O grupo Enel, através das subsidiárias Enel Green Power Brasil (EGPB) e Enel Brasil, tem uma capacidade instalada total de 1,302 MW de energias renováveis no Brasil. Desse volume, 400 MW são de energia eólica, 12 MW de energia solar fotovoltaica e 890 MW de energia hídrica, além de mais 442 MW de projetos eólicos e 807 MW de projetos solares que estão atualmente em execução.