EBES instala sistema solar offgrid no interior do Pará

Iniciativa prevê instalação de 2.334 sistemas fotovoltaicos na Reserva Extrativista ‘Verde Para Sempre’, no município de Porto de Moz

Da Agência CanalEnergia 
10/07/2017

Se no passado Porto de Moz, no Pará, era habitada por grupos indígenas ao longo das margens do rio Xingu, Amazonas e seus afluentes, hoje a comunidade local consiste em populações extrativistas tradicionais, cuja subsistência baseia-se no extrativismo e na agricultura de subsistência.

É para suprir a demanda energética dessas famílias e suas atribuições que a EBES está implantando um projeto de geração de energia solar na região, com a instalação de 2.334 sistemas solares offgrid em residências, centros comunitários, igrejas, escolas públicas, centros médicos e postos de saúde na cidade.

A iniciativa que começou em 5 de junho, tem expectativa de conclusão em 12 meses, com 2.250 famílias beneficiadas pela inclusão de energia e acesso à eletricidade, somando 3,2 MW de capacidade instalada. A construção e instalação dos painéis solares deverá ocorrer em outubro de 2017.

No Brasil, o projeto da EBES é pioneiro e maior em termos de escala de potência e quantidade de pessoas beneficiadas. A bagagem e a expertise foram adquiridas durante a entrega de 229,5 kW em um projeto muito similar ao de Porto de Moz, porém em menor escala na Praia do Bonete em Ilhabela, ao levar o acesso à energia para 180 famílias.