Consumo de eletricidade registra alta de 0,7% em janeiro, aponta EPE

Temperaturas mais amenas em todo o país foram determinantes para a redução das demandas das classes comercial e residencial

Wagner Freire Da Agência CanalEnergia
01/03/2018

De São Paulo (SP)

As distribuidoras de energia elétrica de todo o país entregaram 39.501 GWh em janeiro de 2018, o que representa um crescimento no consumo de 0,7% quando comparado com o desempenho do mesmo mês em 2017. O resultado só não foi melhor porque os desempenhos das classes residencial e comercial foram negativos em função de temperaturas mais amenas ao longo dos primeiros 30 dias de 2018.

Segundo o boletim divulgado na noite da última quarta-feira, 28 de fevereiro, pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), órgão ligado ao Governo Federal responsável pelo planejamento do setor elétrico, o consumo industrial foi o grande destaque. Foram consumidos 13.604 GWh, crescimento de 3,7% em relação a janeiro de 2017, o que reforça os sinais da aparente recuperação do setor industrial. As maiores altas no consumo de energia foram verificadas nos ramos automotivo (+13,4%), metalúrgico (+7,9%) e têxtil (+7,1%).

O consumo residencial no mês (11.852 GWh) manteve-se praticamente estável em relação ao ano anterior (‑0,2%). O consumo de eletricidade pela classe comercial em janeiro totalizou 7.627 GWh, volume 1,9% menor que o registrado nesse mês em 2017. Em janeiro as temperaturas mais amenas em todo o país foram determinantes para a redução das demandas das classes comercial e residencial.

Conforme as regiões do país, o melhor desempenho foi verificado no Sul (+1,9%), seguido pelo Norte (+1,6%), Nordeste (+1,2%). No Sudeste, o consumo permaneceu no mesmo nível de janeiro de 2017 e no Centro Oeste caiu (-0,1%). O mercado cativo das distribuidoras teve redução de 3,7%, enquanto que no mercado livre houve alta de 11,3%.