Complexo Solar de 114 MW no Ceará consegue aprovação para LP

Solar Res Moreira vai ficar na cidade de Russas e ficará próximo de SE da Chesf. Obra poderá gerar 600 empregos

Pedro Aurélio Teixeira Meio Ambiente
14/03/2017

O Conselho Estadual do Meio Ambiente do Ceará aprovou, na última quinta-feira, 9 de março, o parecer da Superintendência Estadual do Meio Ambiente favorável ao licenciamento prévio do complexo de usinas de energia fotovoltaica Solar Res Moreira, do consórcio Russas Energia Solar SPE Ltda. O complexo formado por quatro unidades deverá ser instalado no município de Russas, numa área de 337 hectares.

Quando estiverem em funcionamento, as usinas gerarão juntas 114 MW de energia, o equivalente à demanda de 50 mil casas. Uma das vantagens apresentadas pelo consórcio é a localização do empreendimento, em Caraúbas, na margem da BR-116, a cinco quilômetros da sede e a seis da subestação da Chesf. Outro aspecto positivo apontado é a taxa de insolação, satisfatória para dar sustentabilidade econômica ao empreendimento, mesmo em períodos de chuva. Segundo estudos da empresa, 600 empregos serão gerados na fase de instalação, podendo beneficiar direta e indiretamente os 370 moradores das seis comunidades da área de influência das usinas.