Clube de futebol mineiro inaugura sistema fotovoltaico em seu CT

Unidade de 57,96 Kwp trará economia de R$ 2 milhões em 25 anos para o Coimbra, recém promovido ao Módulo II do Campeonato Mineiro e patrocinado pelo Grupo BMG

Da Agência CanalEnergia 
18/01/2019

É bem provável que você, mesmo amante do futebol, nunca tenha ouvido falar no Coimbra Esporte Clube. Também pudera. Um clube pequeno, criado em 2006 e que foi recém promovido ao Módulo II do campeonato regional não chama a atenção da mídia ou de qualquer um.

Mas além da ascensão ao segundo escalão do certame estadual, a equipe comemora agora mais uma nova conquista. Patrocinado pelo Grupo BMG, a instituição acaba de inaugurar uma usina fotovoltaica em seu Centro de Treinamento, localizado em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte, tornando-se o primeiro time brasileiro a ter um CT gerando energia própria, limpa e renovável, com uma economia estimada de R$ 2 milhões ao longo de 25 anos.

A estrutura construída no local ocupa uma área de 1.600 metros quadrados e tem potência de 57,96 Kwp. A geração anual será de 96 megawatts/hora, o que possibilitará ao clube, além do ganho financeiro, reduzir impactos ambientais, como a diminuição de 17 toneladas de gás carbônico dissipados ao ar. O projeto, que atende todas as necessidades energéticas do Coimbra, ainda tem uma expansão já programada, a fim de suprir também a demanda do estádio anexo, que ainda se encontra em obras.

De acordo com o vice-presidente do Grupo, Eduardo Dominicale, a construção da UFV do Coimbra está em linha com o DNA de pioneirismo do BMG, numa trajetória marcada pelo estímulo ao esporte nacional e pela busca constante da inovação em negócios focados em demandas que serão o futuro do mercado. “Reforçamos mais uma vez nossa crença e disposição em investir em soluções inovadoras e na diversificação das atividades, tendo a sustentabilidade como um dos pilares”, comentou o executivo.

Essa expertise em inovação do Grupo foi fundamental para a identificação e escolha de dois parceiros com experiência, excelência e capacidade técnica para a implantação da usina: a Enelux – Tecnologia e Eficiência Energética e a Mapa Ambiental – Engenharia e Sustentabilidade.

“Há muito tempo se fala em energia fotovoltaica no Brasil, mas poucas plantas foram montadas. O Grupo BMG e o Coimbra dão um passo à frente nesse sentido, nessa parceria em que pudemos aliar nosso conhecimento e competência tecnológica para viabilizar essa solução”, ressaltou o diretor de Novos Negócios das empresas, Aloísio Carvalho.