Chesf negocia parceria com a Alemanha para viabilizar usina solar

Projeto de 200 MW poderá receber 225 milhões de euros do banco alemão KfW, cerca de R$ 770 milhões

Da Agência CanalEnergia Negócios e Empresas
24/01/2017

O embaixador da Alemanha no Brasil, Georg Witschel, esteve na sede da Chesf, em Recife (PE), para uma reunião com o diretor de Engenharia e Construção da companhia, Antônio Varejão, com o objetivo de tratar de investimentos na área de energias renováveis. Foi discutida a viabilização de um projeto de geração de energia solar fotovoltaica, ainda em estudo, a ser implantado na região Nordeste, com capacidade de 200 MW. O Banco de Desenvolvimento Alemão (KfW) disponibilizaria para a Chesf um crédito de  225 milhões de euros (aproximadamente R$ 770 milhões), o que representaria 70% do custo total da instalação.  

A reunião é a continuação de contatos mantidos entre a Chesf e instituições germânicas desde 2012, quando foi firmado convênio com KfW e a Agência de Cooperação Internacional da Alemanha (GIZ sigla em alemão) visando ao desenvolvimento da tecnologia, através de fontes alternativas renováveis, para gerar eletricidade no Brasil, especialmente na região Nordeste. A parceria fornece cooperação técnica em estudos de viabilidade tecnológica, como energia solar e energia eólica, e faz parte do programa de cooperação Brasil - Alemanha, no âmbito do Programa de Energia do Governo Alemão.