Celesc inaugura sistema de geração fotovoltaica em universidade de SC

Projeto escolhido em chamada pública de eficiência energética teve custo em torno de R$ 500 mil

Da Agência CanalEnergia Consumidor
10/04/2017

A Celesc inaugurou no campus da Unisul, em Palhoça (SC), o primeiro sistema de geração de energia solar fotovoltaica com recursos do Programa de Eficiência Energética. O projeto da universidade foi escolhido em chamada pública lançada pela distribuidora em 2015 e teve investimento total de R$ 528 mil, dos quais R$ 490 mil foram custeados pelo programa da Celesc.

O sistema composto por 120 módulos fotovoltaicos com capacidade de 37,2kWp entrou em operação em janeiro desse ano. A previsão de geração é de 4.584,83 kWh/mês e 55,02 MWh/ano. Em fevereiro, foram produzidos 4.409,23 kWh.

O projeto também incluiu a substituição de lâmpadas fluorescentes tubulares de 40W por 1.625 lâmpadas tuboLED de 18W nos Blocos F, G e H da Unisul. A estimativa do chefe da Divisão de Eficiência Energética da Celesc, Marco Aurelio Gianesini, é de que haverá redução de 142,76MWh/ano na necessidade de compra de energia pela universidade, com participação de 39% da fonte solar fotovoltaica nessa economia. Há também redução prevista na demanda na ponta de de 41,51kW.

Entre fevereiro deste ano e janeiro de 2018  será feito o monitoriamento da energia gerada pelas instalações, para que as informações colhidas possam subsidiar os cálculos da eficiência do sistema durante os 25 anos do período de vida útil.

Além da Unisul, outros cinco projetos aprovados na chamada pública da Celesc deverão ser concluídos nos próximos meses: o de eficiência da iluminação da Furb, em Blumenau; a instalação de sistema fotovoltaico e ações de eficiência na iluminação da Unochapecó; a substituição de motores na Cia. Canoinhas, e o projeto de eficiência da iluminação pública em Joaçaba.