Brametal e Araxá Solar formam parceria para mercado solar

Fabricação de suportes para painéis fotovoltaicos é oportunidades para entrada em cadeia solar

Da Agência CanalEnergia Negócios e Empresas
06/03/2017

A Brametal se uniu a Araxá Solar para lançar uma solução 100% nacional que oferecerá a expertise em projetos de engenharia para grandes usinas solares e os suportes nacionais para painéis fotovoltaicos fixados ao solo em um único projeto, que podendo gerar até 1.000 MW por ano. A Brametal é de capital nacional e já fabrica estruturas metálicas para geração e transmissão de energia e telecomunicações.

De acordo com Ricardo Brandão, presidente do conselho e fundador da Brametal, o Brasil possui uma das melhores condições no mundo para geração de energia solar, mas ainda é um mercado muito novo. Segundo ele, embora esteja crescendo de maneira constante e sólida, ainda são poucas as alternativas disponíveis. Na opinião do executivo, isso indicou um caminho com grande potencial. O mercado gira em torno de R$ 5 bilhões por ano, sendo que 15% deste total é representado pelos suportes.

Para Rodolfo De Souza Pinto, presidente da Araxá Solar, a parceria causará um grande impacto no mercado por oferecer aos grandes investidores uma solução mais completa e customizada às suas necessidades. Segundo Pinto, com a expertise de engenharia que empresa possui somada a um produto nacional e desenvolvido exclusivamente para o segmento, será possível oferecer aos clientes a melhor solução técnica disponível a um melhor custo-benefício.

Os novos projetos de suportes nacionais para painéis fotovoltaicos fixados ao solo, desenvolvidos pela Brametal, são três: Suporte fixo mono-poste; Suporte fixo bi-poste; e Seguidor solar de um eixo, para que possam ser utilizados conforme as características dos painéis e o local de instalação do parque, resultando desta forma em estruturas mais leves. Desenvolvidos para ter um custo de manutenção reduzido durante a vida útil, os suportes estão devidamente cadastrados no Finame, proporcionando aos clientes facilidade em obter financiamentos do BNDES.

A possibilidade de criar um novo produto apareceu há mais ou menos três anos, quando foi publicado um plano decenal indicando grandes investimentos na área de energia solar. A expectativa é de manter o mesmo share nas linhas de transmissão, que nos posiciona com um dos maiores players do mercado.