Aneel conclui homologação do leilão A-4 de 2017

Ao todo, certame contratou 25 empreendimentos de geração de energia elétrica

Da Agência CanalEnergia 
27/03/2018

A Agência Nacional de Energia Elétrica concluiu nesta terça-feira, 27 de março, a homologação dos projetos vencedores do leilão de geração nº 04/2017. As quatro usinas fotovoltaicas homologados ficam na Bahia e pertencem ao Consórcio Solar do Sertão (Steelcons Empreiteira Construção Brasil e Sertão Brasil Energia Solar Eireli).

As demais usinas vencedoras do leilão estão no Piauí (8 usinas), Pernambuco (5 usinas), São Paulo (3 usinas), Rio Grande do Norte (2 usinas), Mato Grosso, Espírito Santo e Goiás (1 usina).

O preço médio alcançado foi R$ 144,51 por MWh, com deságio de 54,65% em relação aos preços-tetos estabelecidos, o que representou uma economia de R$ 6,8 bilhões para os consumidores.

O valor para as usinas hidráulicas foi de R$ 181,63/MWh; para a usina térmica movida a biomassa, R$ 234,92/MWh. A energia das eólicas têm preço de R$ 108/MWh e, para as usinas solares, R$ 145,68/MWh.

Ao todo, o leilão A-4 contratou 25 empreendimentos de geração, sendo uma Pequena Central Hidrelétrica (PCH), com 5 MW médios; uma Central de Geração Hidrelétrica (CGH), com 0,8 MW médio; uma térmica movida a biomassa, com 8,6 MW médios; duas usinas eólicas, com 35,6 MW médios; e outras 20 usinas solares fotovoltaicas, com 170,2 MW médios; o que soma 220,2 MW médios de energia contratada. Os projetos foram contratados correspondem a 228,7 MW de garantia física e as usinas deverão iniciar o fornecimento de energia elétrica em 1º de janeiro de 2021.

Participaram do certame como compradoras da energia negociada sete concessionárias de distribuição: CEA, Ceal, Cepisa, Coelba, Copel D, EDP ES, Elektro. Os contratos são de 30 anos para as usinas hidrelétricas na modalidade por quantidade e 20 anos para as usinas a biomassa, eólicas e solares.