Acréscimo de energia renovável no mundo em 2016 foi recorde, aponta Irena

Segundo estudo da agência, 161 GW foram acrescidos no ano passado, sendo a maior parte na Ásia e oriunda de fonte solar

Da Agência CanalEnergia Planejamento e Expansão
31/03/2017

A capacidade de geração de energia renovável no mundo em 2016 aumentou em 161 GW, tornando o ano o de maior acréscimo de capacidade instalada em fontes limpas. O levantamento foi divulgado na última quinta-feira (30) pela Agência Internacional de Energia Renovável (Irena) e compõe o estudo "Estatísticas de Capacidade Energética Renovável 2017", cuja estimativa é que, no final do ano passado, a capacidade instalada de geração renovável do mundo tenha atingido 2.006 GW, com um forte crescimento da fonte solar.

Os novos dados da Irena mostram que a expansão do ano passado aumentou a capacidade de energia renovável do mundo em 8,7%, com um recorde de 71 GW de energia solar nova liderando esse crescimento. O ano de 2016 foi o primeiro desde 2013 em que a expansão da geração solar ultrapassou a da energia eólica, que aumentou 51 GW. As capacidades de energia hidrelétrica e biomassa aumentaram 30 GW e 9 GW respectivamente, enquanto a da energia geotérmica aumentou pouco menos de 1 GW.

A região que mais acresceu geração renovável em 2016 foi a Ásia, respondendo por 58% das adições registradas entre janeiro e dezembro. Com isso, o continente chegou a 41% da capacidade total instalada renovável no mundo – ou 812 GW. A África instalou 4,1 GW de nova capacidade em 2016, o dobro de 2015. De acordo com o estudo da Irena, a capacidade de energia elétrica renovável fora da rede atingiu 2.800 MW ao final de 2016, sendo cerca de 40% da eletricidade off-grid vindo de energia solar e 10% pela energia hidrelétrica.